Mermaid Hair com anilina de madeira

Oi frescas tudo bem?
Hoje vim compartilhar um "pseudo tutorial/ resenha" de como fazer mermaid hair com anilina.
Antes de tudo, não estou aqui pra polemizar, TODO mundo sabe que anilina de madeira não é liberada para fins cosméticos, então não precisa brigar comigo porque to usando e tal. Vou compartilhar com vocês a minha experiência com anilina e os resultado que obtive.

Eu nunca testei tintas profissionais ou as famosas importadas que tem várias marcas por aí, como vocês já acompanharam aqui eu testei a Exotic e um tonalizante da Maxton, ambos roxos, e desde então tenho usado anilina.

Mas chega de embromeixon e vamos as explicações
Obs.: Não tem fotos do processo porque fiz tudo sozinha na madrugada de uma sexta pra sábado, não deu pra fotografar cada etapa do processo, por isso vou explicar com o máximo de detalhes aqui no post ok?

A base para chegar ao Mermaid hair

Para chegar na cor azul/turquesa/roxo é necessário platinar os cabelos (nenhuma tinta pega em base escura), meu cabelo estava numa base 7.1 desbotada, descolori preservando a raiz que estava já crescida, pois o meu propósito era fazer uma raiz esfumada, utilizei na descoloração o pó da Yamá Ametista e ox 30   da mesma marca durante 30 minutos, porém o cabelo ficou bem amarelado. Matizei ele com violeta genciana e água (basta mergulhar os cabelos por alguns segundos numa solução de água e 3 ou 4 gotinhas de violeta genciana).

Depois de matizar, aproveitei e passei queratina da Niely que é muito boa e então parti pra anilina.



As anilinas

As anilinas que tenho aqui em casa são da Salisil e Gaúcha, tenho várias cores, mas para fazer esse cabelo utilizei três cores: Azul puro, verde capim e roxo. Compro anilinas em ferragens.

Para utilizar a anilina é necessário diluir o pó em anilina, é simples:
Em um copo descartável mistura uma pitadinha (bem pouco mesmo) de pó de anilina com meia tampinha de alcool, a mistura fica bem escura, basta repetir o processo com as outras cores e tens as tonalidades para criar as cores.



Dica importante, para misturar as anilinas utilize luvas e forre o espaço que você vai trabalhar com jornal pois a anilina MANCHA TUDO.


Preparando as tintas


Para criar as cores que usei no meu cabelo o processo foi relativamente simples, você vai precisar de:
  • - Anilinas (já diluidas em alcool)
  • - Creme de cabelo BRANCO (pode ser desses baratinhos ou até um condicionador)
  • - Pincel e clips para auxiliar no processo
  • - Camiseta velha (pois mancha tudo)
Separei um potinho e um pincel para cada cor de tinta que usei (aqui em casa tenho vários potes de sorvete brancos só pras minhas misturas de tinta). No meu cabelo que é bastante utilizei as seguintes quantidades de creme para cada cor:
  • - Azul escuro: 3 colheres
  • - Turquesa: 4/5 colheres
  • - Roxo: 2 colheres

Para criar as cores, no caso do azul e roxo basta ir despejando aos poucos a anilina diluida no creme e definir a tonalidade que você quer, eu sempre faço mais escuro, pois cabelo colorido desbota rápido e a cor bem intensa fica linda na primeira aplicação.


Para criar o tom turquesa (que utilizei na maioria do comprimento, usei uma proporção de aproximadamente 80% azul e 20% verde, mas realmente não tenho certeza exata, fui colocando um pingo de cada no creme depois fui colocando mais azul, mais verde, um pouco mais de creme para criar o tom desejado. O turquesa é uma cor realmente dificil de criar

 Na mistura do creme ficou um pouco mais puxado pro verde, porém na aplicação puxou pro azul, então é uma questão realmente pessoal e um pouco de sorte para definir o tom que você quer. Lembre-se, se o seu cabelo estiver com uma base amarelada (sem matizar) e você jogar o azul ele vai ficar esverdeado, então recomendo sempre que deixe a base o mais claro possível para esses tons frios/pasteis.

Aplicação das tintas


Bom, depois das misturas prontas começo a aplicação pela raíz com a cor azul puro, como meu cabelo estava natural uns 4 dedos de raiz, o tom ficou quase puxado para o preto nessa parte (mas desbota rapidamente pois a cuticula do cabelo na raiz natural está bem fechada). Aplico em todas as mechas espalhando e emulsionando bem com as pontas dos dedos, assim garanto que todos os fios recebam a tinta.

Depois de aplicar em todas as partes de raiz, puxo a tinta para um pouco acima da parte descolorida utilizando o pincel e também os dedos indicador e do meio, pressionando e esfregando a tinta em cada mecha na altura que eu quero que esfume com a próxima cor, isso garante um efeito degradê de uma cor para outra.


Depois do azul aplico nas mechas o turquesa, partindo do azul da raiz até quase o final, deixando apenas as pontas para o roxo, tomo bastante cuidado para que o turquesa se mistura nas partes finais do azul criando uma transição das cores. No caso do turquesa, capricho na aplicação e uso bastante mistura para chegar em todos os fios e emulsiono muito no cabelo, como a cor é mais clara o risco de manchar é maior.
Por fim nas pontinas faço a mesma técnica das outras cores aplicando o roxo.
No final da aplicação fico assim:

Deixo agir por cerca de 20/30 minutos e lavo com condicionador apenas. Na finalização eu fiz uma fitagem estruturada, mas acho que merece outro post específico falando apenas sobre ondulação dos cabelos, descoloração e finalização. No final o cabelo fica assim, finalmente tenho o Mermaid hair.

O turquesa era realmente uma cor que eu sonhava em ter fazia tempo mas não tinha coragem, apesar de achar lindo, tens que saber segurar esse visual, definitivamente ele é muito mais chamativo que qualquer outra cor que tive, mas sem duvida essa é a minha cor favorita de cabelo!
E vocês o que acharam? Gostaram da mudança?

E aí gata? Curtiu o post? Me conta o que achou, seu comentário é muito importante pra mim!  

 Jenifer Mendes 

          FACEBOOK           |           TWITTER          |            INSTAGRAM          
GOSTOU? Compartilha!


0 comentários

Obrigada por comentar, sugestões e opinões sempre são bem vindas! Se você também tem blog, deixa o link vou adorar conhecer!!