Você é linda (o)

Oi gente tudo bem?

Este é um post mais pessoal do que pra ajudar alguém, mas eu acredito que expor um pouco do que eu sinto e penso a respeito das coisas pode ajudar muita gente e por isso que começo com essa imagem:
Sorria, você é bonita (o)

Não aceite menos que isso, não deixe ninguém dizer que você não é suficientemente bonito, não deixe ninguém te rotular ou te excluir... Jamais permita que um preconceito bobo com o seu cabelo, a cor da sua pele, seu estilo ou o seu peso te atinja...

Sabe por que eu falo isso?

Porque essa coisa de amor próprio é algo que eu comecei a conhecer esses dias...
Depois de ter um filho, ver meu corpo mudar D-R-A-S-T-I-C-A-M-E-N-T-E  senti bem como uma auto imagem negativa pode prejudicar uma pessoa (em todos os sentidos da vida).

Sofri preconceito, talvez.. O fato é que ninguém nunca me falou que eu estava muito feia ou gorda demais, acho que eu fazia uma ideia errada a respeito do meu corpo e tinha aquela coisa de não se reconhecer.. Ou seja, me sentia péssima com o meu corpo..E fiz tanta coisa pra emagrecer, que só prejudiquei minha saúde.


Remédios pra emagrecer (sibutramina, chá de todo tipo), academia, caminhada, bicicleta, dieta do carboidrato, da proteína... Cansei e fiquei ainda mais deprimida e não emagreci nada.

Sabe por que? Eu não sabia me olhar e enxergar uma pessoa além do corpo e pior eu fazia uma imagem distorcida sobre mim.

Bom a situação ficou tão tensa que comecei a tomar remédio pra depressão e depois  de um tempo vi que eu tinha me tornado alguém que eu não era.. Afinal andar dopada o dia todo faz você virar um tipo de robô.

Tem muita coisa nessa história toda de depressão, tem haver também com frustração profissional, com minha mania de criar expectativas e também com toda a minha história de vida e a auto-imagem que eu construí, com as minhas crenças e preconceitos.

Bom, chegou um dia que minha mãe me disse, filha te cadastrei num serviço de psicologia da universidade, eles vão te chamar pra fazer terapia e eu quero te ajudar, quero que você vá... Fiquei com medo, vergonha, achando que iam me chamar de louca, mas naquelas alturas do campeonato eu já estava descontrolada demais e a terapia foi a melhor coisa que fizeram por mim. Fui, sentia muita vergonha nas primeiras seções, mas fui. Hoje eu só posso agradecer minha mãe e irmã por mais isso que fizeram por mim.

Bom terapia não é igual remédio, leva bem mais tempo pra aparecer algum resultado, simples, somos seres tão complexos e o remédio trata os sintomas não as causas da depressão, eu levei quase seis meses pra começar a me abrir, falar dos meus sentimentos e angústias e descobrir o que realmente me afetava, é um processo doloroso "sentimentalmente falando" resgatar as lembranças que de alguma forma te fazem sofrer, sentir ódio, remorso, rancor... Mas é necessário, como a terapeuta mesmo dizia: "é importante balançar as estruturas pra que elas se encaixem no lugar de novo".

Toda sessão eu saia chorando, toda vez eu lavava a alma falando de mim, da minha semana das coisas que eu pensava e como eu me sentia, cada dia era uma luta, porém graças a essa luta eu comecei a me conhecer melhor, ver além de todas as coisas ruins que eu fazia questão de enfatizar, ver que alí tinha uma pessoa com sua história, suas lembranças e uma vida inteira pela frente, com uma família linda e pessoas mais que especiais perto de mim.

Nesse processo eu aprendi a parar de me proíbir de ser feliz, aprendi que tenho que olhar pras coisas bonitas em mim e enfatizar o que há de melhor e disfarçar o que não me agrada tanto assim no meu corpo, e principalmente que este é o corpo que eu tenho e que ele também carrega sinais da minha vida da minha história e que eu sou abençoada por ter um corpo perfeito, por poder trabalhar, ir e vir, e que NÃO PRECISA ser igual a capa da revista pra ser linda.



Se tem dias que eu quero ser magra? SIM, tem dias que me frustro por não achar roupas legais com facilidade, tem dias que eu queria chegar numa loja e experimentar qualquer roupa e ter certeza que vai ficar bom... Fico meio jururu, mas depois passa, quando a gente é gorda tem que ser criativa e eu to aprendendo isso com relação á roupa/moda.

Aí você se pergunta e a sua saúde? Tenho me preocupado sim com isso e apesar dos meus exames estarem meio atrasados, da última vez que eu fiz estava tudo em dia (sem colesterol, nem diabetes), confesso que isso é o que mais me preocupa hoje, pois tenho um filho e quero ficar muito tempo com ele  com saúde, só que óbvio que o meu corpo não vai se o mesmo de antes e eu amo meu corpo do jeito que ele é, e se amar assim é como uma descoberta de tudo de bom que você tem além do que você conhecia... É uma jornada pra auto-estima (que tem dias bons e outros nem tanto).

Sabe o segredo é você ver além do que a sociedade diz que você deve olhar, hoje tem a internet e milhares de blogs sobre gordinhas que arrasam, porque antes de ser gorda, somos mulheres.


Não conheço nenhuma mulher que esteja 100% satisfeita com a sua imagem, eu conheço é muita mulher batalhadora que "peleia" todo dia pra cuidar dos filhos, da casa, construir uma carreira e tira um tempo pra ficar arrumada e linda, e sim ficar bonita deixou de ser apenas vaidade (pra chamar atenção dos outros) e se tornou um jeito de se gostar ainda mais.

E nessa parte que entra a "maketerapia" na minha vida.
Maquiagem é um negócio tão legal, tão legal... Que junto com todas as atitudes se tornou um grande incentivo pra cultivar o amor próprio. Eu era dessas que andava só de cara lavada, comecei a assistir videos de maquiagem e aprender tutoriais na internet sobre make.. E gente, virou um vício, é divertido ver a pessoa mudar usando apenas maquiagem, ver como ficamos ainda mais lindas com pouca coisa.

Óbvio que maquiagem não vai mudar quem você é de verdade, importante nunca esquecer a pessoa que está debaixo de todo aquele "reboco", sabe, eu curto muito maquiagem e por isso também criei o blog pra falar aqui sobre isso e dividir os meus makes com vocês, mas o principal que eu quero com tudo isso é incentivar TODAS a cuidar do seu amor próprio, a levantar a cabeça e enfrentar os problemas de cara (lavada ou maquiada) mas com muito amor e força!

Então queridas (os) cultive cada dia mais um pouquinho de amor próprio, saiba que tem dias que você vai estar mais pra baixo e que é normal se sentir assim, só não é normal ficar o tempo todo triste e pra tudo tem jeito nessa vida meu bem... A vida é maravilhosa e cheia de oportunidades, nunca esqueça da tua essência e da tua história, mas viva pra frente, seguindo o teu caminho!

Boa semana e fiquem com Deus! Fé!






Nas redes sociais
   FACEBOOK     |     TWITTER     |     INSTAGRAM     |     YOUTUBE  

GOSTOU? Compartilha!

2 comentários

  1. Oiiii , tudo bem ? Espero que sim !
    Eu achei seu blog lindo , você escreve muito bem , seus posts são ótimos !
    Eu estou seguindo seu blog e curtindo a sua fan page !
    Tem como retribuir por favor ?
    www.batom-veermelho.blogspot.com.br
    Espero que retribua , Fique com Deus & Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Querida.. Obrigada pela visitinha, vou conhecer seu blog sim. pode deixar!

      Excluir

Obrigada por comentar, sugestões e opinões sempre são bem vindas! Se você também tem blog, deixa o link vou adorar conhecer!!